Gustavo Carvalho chama a atenção para emissão de licenciamentos ambientais

Gustavo Carvalho, presidente em exercício da ALRN

Gustavo Carvalho, presidente em exercício da ALRN

O presidente interino da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Gustavo Carvalho (PROS), destacou durante sessão plenária desta terça-feira (17) o posicionamento do vice-presidente da FIERN, empresário Sílvio Bezerra, que preside a Ecocil Incorporações, no artigo intitulado “Nos deixem trabalhar”. O parlamentar chamou a atenção para a reclamação de que há entraves burocráticos do Ibama no Rio Grande do Norte.

Quero ampliar a voz do segmento empresarial produtivo do nosso Estado que enfrenta dificuldades em obter as licenças ambientais para produzir ou construir obras no Rio Grande do Norte”, disse Gustavo Carvalho.

O deputado afirmou que na condição de representante do povo não pode deixar de desempenhar a prerrogativa parlamentar de ser uma das vozes daqueles que desejam ver prosperar o empreendedorismo tanto por parte dos pequeno como dos médios e grandes empresários que contribuem para o desenvolvimento econômico e social do Estado.

“Longe de mim querer dizer que a legislação ambiental é um entrave ao desenvolvimento do nosso Estado, mas não vou me calar diante daqueles que usam a necessidade do licenciamento ambiental para emperrar e criar dificuldades desnecessárias ao setor empresarial produtivo que gera emprego, renda e contribui decisivamente para o desenvolvimento econômico potiguar”, afirmou.

Gustavo Carvalho mencionou ainda os postos de trabalho que foram fechados nesse ano de 2015, não apenas em decorrência da grave crise econômica, mas também pelo ambiente de dificuldades que muitas empresas vem enfrentando no Estado na obtenção de licenças ambientais.