Câmara Municipal de Mossoró assina contrato em que gasta R$ 12 mil com gerenciamento de redes sociais

Jório diz entender que o cliente tem que ser “agradado”

Jório diz entender que o cliente tem que ser “agradado”

A Câmara Municipal de Mossoró assinou em 5 de agosto um contrato de R$ 12 mil com Glebson Dantas da Silva (o primeiro nome dele tem um erro de digitação) que foi contratado por meio item “outros serviços de terceiros – pessoa jurídica”.

Glebson representa a empresa que leva o mesmo nome dele para “criação e montagens de conteúdo não comercial, marketing direto, publicações comerciais e ativação de redes sociais”.

Em conversa por escrito com a reportagem, Glebson explicou que presta serviço à Câmara e ao presidente. No extrato do contrato afirma que o objetivo é fazer um trabalho de gerenciamento de redes sociais, criação de fotos e montagens, publicações em mídias, como qualquer outra empresa.

Ele esclareceu que os R$ 12 mil são o total de um serviço que será prestado em seis meses. Pela explicação de Glebson, ele receberia R$ 2 mil mensais, no caso. “Inclusive, 12 em 6 meses ainda é pouco, se comparado com a Fuá, que era pago 6 mil por mês, quando Francisco Carlos era presidente”, alfinetou. (O mossoroense)