Gilson Clementino, Elias Luiz, Nailton Miguel, Frqancisco Melo, Mateus e Jailson Dantas

Gilson Clementino, Elias Luiz, Nailton Miguel, Frqancisco Melo, Mateus e Jailson Dantas

Aconteceu na manhã da última terça-feira(27), na Escola Municipal Dr. Orlando Flávio Junqueira Ayres, uma assembleia promovida pelo Sinte onde foi apresentada a pauta do dia composta dos seguintes assuntos: Informes sobre audiência com o Executivo Municipal; Mudanças de níveis e direitos do PCCR; Criação do Plano de Carreira do pessoal de apoio da educação; entre outros.

Para o presidente do Sinte/Touros, “o que tinha sido acertado na última reunião com o executivo, não foi cumprido como combinado. A letra saiu para todos, mas, a mudança de nível não saiu, o que constitui a quebra de um acordo. O ponto principal do debate nesta assembleia foi esse. Isto posto, solicitamos imediatamente uma audiência com o representante do executivo e o secretário de finanças. Na reunião desta segunda-feira, ficou acertado que 39 educadores serão contemplados com a mudança de nível médio para superior, como de nível superior para graduado. Vamos aguardar”, explicou Jailson Dantas, que considerou a assembleia proveitosa.

O presidente do Sinte, lembra que para ter direito a essa mudança de nível o educador que apresentar o diploma, e os que deu entrada até 14 de agosto. Os demais irão aguardar para uma nova rodada de negociação que já foi deliberada a data.

Para o professor Francisco Silva(de óculos), “a assembleia foi proveitosa porque ficamos sabendo da real situação do educador junto ao município. No entanto, nos constrange saber que o poder executivo não vem cumprindo o que fica acordado em reunião, ou seja, fica a (banho maria). E, por último, vem culpar o procurador que ora pediu demissão do cargo. Vamos aguardar o que vai acontecer no pagamento desse mês de outubro para tirarmos as próximas conclusões”, disse Francisco Negão.
Dione Nascimento/Touros1501