Prefeito de Ceará-Mirim contrata empresa de sobrinho e levanta suspeita de irregularidade

Um grupo de vereadores de Ceará-Mirim encontrou o que acredita ser irregularidades do prefeito Marconi Barretto (PSDB) no tocante à contratação de uma empresa de tecnologia educacional para cuidar do portal da Secretaria Municipal de Educação Básica e para prestar serviços de formação continuada de professores: Marconi, na condição de prefeito, escolheu os serviços de uma organização chamada ClickIdeia – fundada por ele e pelo irmão Manoel Barretto, e que atualmente pertence ao seu sobrinho, Daniel Barretto.

No Diário Oficial do Município de Ceará-Mirim, um termo de adjudicação assinado por Marconi Barretto, em 7 de agosto de 2017, contrata a ClickIdeia pelo valor de R$ 916.800,00 ao ano (uma média de R$ 76.400 por mês). Os parlamentares, diante da situação, prepararam um pedido à Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Câmara Municipal para avaliar as supostas irregularidades. A justificativa dos vereadores – Jumária Motta (PTN); Arnaldo Silvestre (PSD); Marcílio Dantas Jr. (PSB); Irmão Carlos (SD); Ângela Aquino (PTC) e Renata Costa (PTC) – é que licitar uma empresa cujo sócio ou dono é parente do chefe do Executivo estaria ferindo os princípios legais da moralidade e da isonomia. (Rede News 360)

Qual sua opinião?