Em Macau, dez vereadores trocam de partidos

No último sábado, 04, se encerrou o prazo da Janela Partidária que permite a troca de quem tem cargo eletivo para outras siglas partidárias. Na Câmara de Macau dos 13 vereadores, apenas 03 seguiram no mesmo partido: vereadora Ceição de Negola (PSD), Kekel (PPS) e Wilder (PRB), os demais migraram para outras siglas.

O PSD passa a ser a maior bancada na Casa Legislativa com a chegada dos vereadores: Dinarte, Carlinhos Valadão, Sargento Dantas, Pintinho, Oscar e Lampião. O PSDB que até então não tinha representação no Legislativo, é a segunda maior bancada com os vereadores Ítalo Mendonça, Dyana Lira e Cláudio Gia. O DEM recebeu a filiação do vereador Marcos Cabral, e passa a ter representatividade na CMM.

O PRB foi o partido que mais encolheu, tinha a maior bancada com quatro vereadores, perdeu três dos seus integrantes e ficou apenas com o vereador Wilder que não disputará novo mandato. O PT que tinha apenas o vereador Gia, perdeu o assento na câmara, o mesmo acontecendo com o MDB , SDD,  e o PC do B, com as saídas de Oscar, Marcos Cabral e Pintinho respectivamente. O PP que contava com os vereadores Dantas e Lampião, também fica sem cadeira no legislativo.

Arafran Peter