Sindicatos fazem protesto para evitar homenagem da Assembleia Legislativa a Rogério Marinho

Integrantes de sindicatos e movimentos sociais realizam um protesto nesta sexta-feira em frente e ao lado da Assembleia Legislativa na tentativa de impedir o passagem do secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho que seria homenageado pela Assembleia Legislativa.

A sessão estava marcada para começar às 10h30, mas, até o inicio da tarde a homenagem não havia começado. Em nota, a Assembleia disse que a solenidade está mantida.

O ato foi convocado pela Central Única dos Trabalhadores no Rio Grande do Norte (CUT/RN) e pelo movimento Frente Brasil Popular. Em nota, os manifestantes classificaram a homenagem a Rogério Marinho como um “insulto”.

As quatro portas da Assembleia foram bloqueadas pelos manifestantes, que não querem permitir a homenagem. Na porta da garagem, policiais militares chegaram a lançar gás de pimenta contra os manifestantes.

Qual sua opinião?