Saúde notifica oito casos de febre amarela; quatro estão em investigação

O Ministério da Saúde divulgou na última segunda-feira, 8, o boletim de fechamento da sazonalidade de um ano da febre amarela. O período de monitoramento é 1º de julho de 2017 a 30 de junho de 2018.

De acordo com o levantamento, o Rio Grande do Norte notificou oito casos suspeitos da doença. Destes, quatro foram descartados e quatro estão em investigação. O estado não teve nenhum caso confirmado de febre amarela no período.

Segundo a Saúde, de julho do ano passado a junho deste ano foram confirmados 1.376 casos de febre amarela no país e 483 óbitos. Ao todo, foram notificados, neste período, 7.518 casos suspeitos, sendo que 5.364 foram descartados e 778 continuam em investigação.

Desde maio deste ano (2018), quando foi divulgado o último boletim, houve redução significativa do número de casos da doença no país. No entanto, a vigilância dos casos de febre amarela se manteve junto aos estados, não sendo observados novos surtos.

O Ministério da Saúde alerta à população para a chegada do verão, período de maior risco de transmissão da doença. Essa preocupação se dá porque áreas recém-afetadas e com grande contingente populacional, como as regiões metropolitanas do Rio de Janeiro, Minas Gerias e São Paulo, ainda apresentam grande quantidade de pessoas não vacinadas, ou seja, sob risco de infecção.

Do Jornal De Fato

 

Qual sua opinião?