Prefeito de Macau é hostilizado ao deixar prédio da Câmara Municipal

O prefeito Túlio Lemos (PSD), do município de Macau/RN, foi duramente hostilizado e precisou de escolta policial para deixar as dependências da Câmara Municipal, onde prestou esclarecimentos no início da noite desta quinta-feira (07), convocado pelos vereadores.

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o gestor sendo chamado de “ladrão” e de “vagabundo” pela população que protestou em frente a Câmara.

O gestor prestou esclarecimentos sobre a destinação dos recursos do município que já arrecadou quase R$ 70 milhões neste ano de 2017 e não se ver sequer uma obra realizada.
Atrasos nos pagamentos dos servidores efetivos, comissionados e fornecedores agravam a situação.

Há informações de que faltam medicamentos básicos nos postos de saúde e merenda nas escolas da rede municipal de ensino. O caos se instalou em Macau.

Rede News 360

Qual sua opinião?