MP alerta sacerdotes a não pedirem votos para conselheiros tutelares

A eleição para novos conselheiros tutelares acontecerá simultaneamente em todo o país no dia 6 de outubro. Até lá, tá valendo, como em toda eleição, as condutas vedadas que são normas proibitivas que os candidatos devem obedecer.

De olho nisso, o Ministério Público tá recomendando em Parnamirim que representantes de Igrejas de qualquer segmento religioso que se abstenham de veicular propaganda em favor de qualquer candidato. A burla à lei pode caracterizar abuso de poder econômico.

Rosalie Arruda

Qual sua opinião?