Gustavo Carvalho demonstra preocupação com saúde pública do RN

Em pronunciamento na manhã desta quinta-feira (16), o deputado estadual Gustavo Carvalho (PSDB) chamou atenção para o caso de uma paciente renal que aguarda há 30 dias pelo resultado do exame PAR (Painel de Anticorpos Reativos), oferecido no RN apenas pelo Hemonorte. De acordo com o parlamentar, a amostra que deveria ter sido enviada para o estado da Paraná, ainda não saiu do Estado por causa de uma dívida do Governo do Estado com os Correios.

“Esse assunto é de muita gravidade, precisamos ter a sensibilidade de provocar para que  o Estado tome providências imediatamente. Esse exame determina a dosagem do medicamento imunossupressor para o transplantado e, sem ele, a pessoa pode perder o transplante. É um caso de vida ou morte. Espero que o Governo possa dar saneamento a um assunto de tanta gravidade”, alertou.

Em aparte, o deputado Tomba Farias (PSDB) classificou o caso como “gravíssimo”. Para ele “é preciso que o Governo do Estado evite que esse tipo de coisa venha a acontecer. Trata-se de vidas. O Governo precisa acordar o mais rápido possível”, afirmou. Os deputados Getúlio Rego (DEM) e Kelps Lima (SDD) também colaboraram através de apartes criticando a administração estadual. “A saúde não pode ser administrada por amadores”, avaliou Getúlio Rego.

Qual sua opinião?