Governo e Senai firmam parceria para cursos de capacitação no interior do RN

O Governo do Estado e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-RN) assinaram nesta quinta-feira (10) um convênio para capacitar membros de associações produtivas no interior do estado. Os cursos, que começam segunda-feira (14), serão voltados aos beneficiários de investimentos do projeto Governo Cidadão, que é financiado pelo Banco Mundial.

A parceria entre Governo e Senai-RN se inicia pela área de vestuário e confecção, com cursos para 206 pessoas de associações instaladas em Passa e Fica, Parelhas, Upanema, Goianinha, Campo Redondo e Portalegre. Durante três meses, o grupo terá acesso a cursos de confecção em moda praia, costura industrial e de peças íntimas, operação de máquinas de bordado e polivalência em confecção de vestuário, todos ministrados por especialistas do Senai-RN.

O acordo foi firmado pela governadora Fátima Bezerra, o secretário de Estado de Gestão de Projetos e Metas e gestor do Governo Cidadão, Fernando Mineiro, e o diretor Regional do Senai-RN, Emerson da Cunha Batista. Para a governadora, o ato tem um grande significado tanto para o Governo como para as associações.

“Esta iniciativa é muito importante por contar com a experiência do Senai, que é reconhecida internacionalmente, e por completar o ciclo de empreendedorismo. E é o Governo cumprindo seu dever de contribuir para a geração de emprego e renda no nosso estado”, afirmou Fátima Bezerra.

O investimento total do Governo na ação que trará mais emprego e renda é de R$ 212 mil. O ciclo de capacitação beneficiará 15 associações, sendo sete delas até o fim do ano e as demais ao longo de 2020. “Podermos propiciar esse tipo de capacitação no momento em que se disputa por emprego é muito prazeroso para nós. Ao fim do ano estaremos com toda a gente pronta para produzir”, disse o diretor do Senai-RN, Emerson Batista.

Para a primeira turma de capacitação foi priorizado o bloco de associações que já estão com todo o maquinário, os insumos e a estrutura de loja montadas, mas sem pessoas capacitadas para produzir. “Este é o primeiro passo do convênio, que já deu frutos como a turma de pessoas capacitadas para a manutenção das máquinas. Estamos trabalhando para expandir e futuramente chegar também às internas do sistema prisional, por exemplo”, destacou o secretário Fernando Mineiro. “O convênio é um passo importante para recuperar a política de formação de pessoas no estado e melhoria do mercado de trabalho”, completou a secretária do Trabalho, Habitação e Assistência Social, Íris Oliveira.

Como as associações de confecção receberam, além do maquinário, a estrutura de comercialização dos produtos, os cursos também terão aulas de gestão que serão importantes para o acesso aos compradores. A assinatura do convênio foi acompanhada por representantes de associações de Passa e Fica, que a partir da capacitação buscarão o mercado turístico crescente na região serrana que ainda envolve Serra de São Bento e Monte das Gameleiras. “Os cursos completam os investimentos que fizemos, pois apenas as máquinas não são suficientes se não tivermos gente capacitada”, afirmou a gerente executiva do Governo Cidadão, Ana Guedes.

Qual sua opinião?