Governadora destaca valorização da escola pública no Encontro de Educadores do Campo

A governadora Fátima Bezerra reforça a importância de valorização da escola pública. Ela afirma que a educação tem que ser vista como política pública essencial e estruturante de uma sociedade que pretende ser mais igualitária e mais cidadã. “É preciso assegurar os avanços conquistados, promover o fortalecimento e a expansão da Educação pública”, declarou, nesta quinta-feira, 10, aos participantes da palestra ‘Conjuntura Política e Educacional e os desafios na Educação do Campo’, com o Professor Doutor Miguel Arroyo, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), e a Professora Márcia Gurgel, secretária-Adjunta da Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC).

A palestra integrou a programação do I Encontro Estadual de Educadoras e Educadores do Campo Potiguar, evento promovido pela SEEC por meio do Núcleo da Educação do Campo e Diversidade (NECAD).

O encontro acontece no Praiamar Natal Hotel, em Ponta Negra, até esta sexta-feira (11) e reúne mais de 200 educadores do campo, com a finalidade de construir uma Política Estadual da Educação para a área rural. Outra finalidade é inserir as educadoras e educadores do campo no processo de formação continuada através de estudos, debates, oficinas e na construção da identidade desta modalidade educacional no RN.

O evento oferece atividades como palestras, grupos de trabalhos (GTs), mesas-redondas e discussões sobre diferentes temas que envolvem a educação do campo, como “Movimentos Sociais e suas resistências na Educação do Campo”, “Conjuntura Política e Educacional e os desafios na Educação do Campo”.

Miguel Arroyo disse que é de grande importância valorizar a memória como matriz de aprendizagem. Para ele, a educação além de um direito, é também um dever de todos na sociedade. “É preciso somar para fortalecermos a educação. A função da escola é mais do que ensinar, é salvar vidas”, declarou.

Citando sua condição de professora da escola pública, Fátima Bezerra disse que o Governo do Estado não abre mão da defesa da educação pública de qualidade e para todos. Uma educação voltada para a promoção da cidadania, laica e pautada nos valores da pluralidade do nosso povo, respeitando a Constituição.

Ela se referiu à luta pela criação de um novo Fundeb (Fundo de Desenvolvimento e Valorização da Educação Básica) de caráter permanente e com maior participação financeira do Governo Federal. “Tenho uma boa notícia. Esta semana conseguimos o apoio de todos os governadores dos estados brasileiros à proposta do novo Fundeb, que tramita na Câmara dos Deputados. Esta proposta estabelece o caráter permanente do Fundeb, sem data para acabar, e amplia a participação da União dos atuais 10% do custeio para 40%”, informou.