Comissão dos Direitos Humanos vistoria serviços do Hospital João Machado

Os vereadores da Comissão dos Direitos Humanos da Câmara Municipal de Natal realizaram nesta sexta-feira (9) uma visita às dependências do Hospital Psiquiátrico João Machado, gerido pelo Governo do Estado. Outras visitas serão realizadas nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPs), a fim de oferecer contribuições para aprimorar o serviço público psiquiátrico e dialogar a integração entre município e estado.

“Precisamos pensar no fortalecimento da rede. Por isso estamos realizando essas visitas técnicas para conhecer as estruturas e fragilidades do serviço, nos colocando à disposição para melhorar o trabalho”, explica a vereadora Divaneide Basílio (PT), presidente da comissão. O Hospital João Machado possui 131 leitos de internação, 35 de observação e mais 40 de retaguarda do Hospital Walfredo Gurgel. Além disso, aguarda a implantação de 20 leitos de UTI.

A diretora geral da unidade, Leidiane Queiroz, disse que a principal dificuldade é na deficiência de recursos humanos e materiais, problema comum na rede pública de saúde. “O Hospital tem muito potencial, pela localização, histórico de atendimento e espaço físico. Não tem como pensar saúde mental sem pensar em direitos humanos e os vereadores podem contribuir no diálogo com Natal, com quem já temos uma relação estreita, para fortalecer serviços de atenção básica e de referência em saúde mental do município porque com esses serviços fortes e atuantes, as dificuldades do Hospital João machado se tornam menores”, explica a diretora.

Apesar do prédio da unidade hospitalar ter mais de seis décadas e nunca ter passado por uma grande reforma,  a vereadora Eleika Bezerra (PSL) também reconheceu o potencial físico da unidade. “Temos aqui um potencial de espaço maravilhoso que, claro, precisa que seja feita a manutenção constante. Mas também é preciso definir, especialmente para a população, o que é oferecido e em quais situações deve-se procurar o hospital e quando a saúde básica pode contribuir”, sugere a parlamentar.