Beto celebra saída da Petrobras do RN e nomeação de terceira colocada como reitora da UFERSA

Beto simpatiza com nomeação de terceira colocada (Foto: Redes Sociais/Beto Rosado)

O deputado federal Beto Rosado (PP) está em festa. Primeiro porque o projeto que herdou do pai de entregar a exploração do petróleo no Rio Grande do Norte para a iniciativa privada gerando menos impostos e menos dividendos deu um passo enorme. Depois porque a terceira colocada na consulta a comunidade acadêmica Ludimilla Oliveira vai ser reitora da Universidade Federal do Semiárido (UFERSA).

Por meio da Assessoria de Imprensa, Beto relata que em 2016 apresentou o Projeto de Lei 4663 que previa a venda dos campos maduros de petróleo que a Petrobras não tinha mais interesse de explorar aos produtores independentes.

“Nós apresentamos o Projeto baseado em experiência exitosas na Bahia, onde empresas privadas já exploravam campos de petróleo e gerava lucro para o Estado”, lembra.

Para Beto a saída da Petrobras para dar lugar a empresas privadas trará vantagens para o Rio Grande do Norte. “Ganha a União, o Estado, os municípios e, também o proprietário da terra, que fica com uma porcentagem dos recursos advindos da exploração”, argumenta.

Ele chegou a apresentar suas ideias sobre o tema para o presidente Jair Bolsonaro na última sexta-feira.

Blog do Barreto