Sob ameaça de rebaixamento, ABC tem “contratos que não se explicam”

ADECIO-POSSEJosé Adécio também se queixou de contratos feitos pela diretoria atual, os quais, segundo ele, “não se explicam”. “Está aí o ABC com uma arrecadação aproximadamente de um milhão e quatrocentos mil reais para ir praticamente para a zona de rebaixamento, contratos que não se explicam, contratos que chegam aí com jogador bichado, que não têm a menor condição. Todo mundo sabe quais são os problemas do ABC. O ABC precisa de um lateral esquerdo, de um camisa 10, e de um volante que saia para o jogo, mas nada disso é feito. Se contrata 5, 6, 8, 10 para fazer banco. Quando um time está mal colocado como está o ABC não se contrata jogador para fazer passe, se contrata para resolver o problema”, analisou, se portando, mais uma vez, à diretoria do clube.

“Eu estou muito à vontade. Eu sou amigo de Rogério Marinho, ele está prestando um serviço. Rogério Marinho é diretor administrativo e financeiro já para encontrar um caminho. O presidente é Rubens Guilherme. Ninguém sabe quem decide, ninguém sabe quais são os caminhos”.

Visor Político