Equipe do Hospital Tarcisio Maia viabilizou doação de 84 órgãos para transplante

Em três anos de reativação da Comissão Intra-hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (Cihdott), a gestão do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), em Mossoró, comemora as vidas salvas por famílias que, no momento de dor, tiveram tão importante ato de solidariedade.

Há três anos que a atual gestão teve a iniciativa de recompor a Cihdott que estava desativada no âmbito do hospital. Essa iniciativa permitiu que mais de 50 potenciais doadores fossem descobertos ao nível do hospital, efetivando 14 doações de múltiplos órgãos e entregando 84 órgãos para todo o País”, ressalta o diretor geral da unidade, Jarbas Mariano.

Na última quarta-feira (11), um fato inédito mobilizou a equipe da Cihdott do hospital de forma peculiar. Duas famílias vivenciaram a dor da perda de seus entes e ambas autorizaram a doação dos órgãos. “A doaçâo só é permitida no Brasil por iniciativa da família, o fato inédito é duas doações foram feitas no mesmo dia, o que é muito raro, principalmente em hospital público, destacando o Tarcísio Maia no cenário nacional”, lembrou o diretor.

Qual sua opinião?