‘Morre muito mais gente de pavor do coronavírus’, diz Bolsonaro aos seguidores

Durante live transmitida em suas redes sociais, o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, na última quinta-feira (21), que o “pavor” em torno do novo coronavírus (Covid-19) mata muito mais do que o próprio vírus, porém, sem apresentar dados que comprovem isso.

“Morre muito mais gente de pavor, muitas vezes, do que de um ato em si. O pavor também mata, leva ao estresse, leva ao cansaço, a pessoa não dorme direito, fica sempre preocupada, “eu vou morrer se esse vírus me pegar”, afirmou Bolsonaro aos seus seguidores.

O presidente também disse que lamenta as mortes, mas afirmou que todos irão morrer um dia:

“A vida está aí. Nós vamos embora um dia. A gente lamenta mais uma vez a morte de todo mundo. A única certeza é que a gente vai embora um dia”, completou Bolsonaro, que em outro momento da live disse que é preciso “coragem” para enfrentar o coronavírus. “A gente lamenta os mortos, mas a gente tem que ter coragem de enfrentar. É como eu digo há 60 dias, é como uma chuva, você está aí fora, você vai se mulher. Ninguém contesta que por volta de 70% da população vai adquirir o vírus”, concluiu. 

Jornal O Tempo

Qual sua opinião?